Sobre nós

PAANE

Programa de Apoio aos Atores Não Estatais em Moçambique

É uma iniciativa que visa reforçar a democracia participativa, representativa e sensível ao género em Moçambique através do envolvimento das autoridades públicas e da sociedade civil num diálogo construtivo. O programa baseia-se no princípio de que ter cidadãos e organizações da sociedade civil mais fortes e envolvidos irá fortalecer a democratização, melhorar a governação e contribuir para a redução da pobreza no país.

Atividades da iniciativa e prioridades

O PAANE é implementado sob responsabilidade do Ministério dos Negócios Estrangeiros e de Cooperação (através do Gabinete do Ordenador Nacional), e é financiado pela União Europeia à altura de 22 milhões de euros por um período de 5 anos (2018 à 2023).

As prioridades estão organizadas em torno de 6 pilares estratégicos e 7 componentes ou projectos específicos, cada um promovido por diferentes organizações e plataformas da sociedade civil moçambicana em Maputo e em cinco províncias do país.

Prioridade 1

O desenvolvimento de um ambiente mais propício a uma sociedade civil forte, diversificada e sustentável

Prioridade 2

A participação da sociedade civil e o acompanhamento mais eficaz das políticas públicas

Prioridade 2

O reforço das capacidades das organizações da sociedade civil (OSC) em matéria de participação política, acompanhamento das políticas e prestação de serviços a nível local

Programa de Apoio aos Actores não Estatais

Este Website foi produzido com o apoio da União Europeia. O seu conteúdo é da exclusiva responsabilidade do Programa de Apoio aos Actores Não Estatais, e não pode em caso algum, ser considerado como expressão das posições da União Europeia ou da República de Moçambique.