“NÃO BASTA EXIGIRMOS OS NOSSOS DIREITOS SE NÃO CUMPRIMOS COM OS NOSSOS DEVERES”, – Jovens activistas em debate online realizado pela ActionAid Moçambique (AAMoz)
JOVENS APONTAM FALTA DE INFORMAÇÃO, DE TRANSPARÊNCIA E CORRUPÇÃO COMO ENTRAVES PARA A MOBILIZAÇÃO DOMÉSTICA DE RECURSOS EM MOÇAMBIQUE
ADVOCACIA ÀS BANCADAS PARLAMENTARES: SOCIEDADE CIVIL REITERA A NECESSIDADE DA APROVAÇÃO DE LEIS FUNDAMENTAIS PARA O EXERCÍCIO DA CIDADANIA
SUCESSO MANICA E FUNDAÇÃO MASC APOSTAM NA DISSEMINAÇÃO DE INFORMAÇÃO E MATERIAL DE PROTECÇÃO EM MANICA!
AUDITORIA SOCIAL IDENTIFICA IRREGULARIDADES E RECOMENDA MUDANÇAS
Slider

Prioridade 1

O desenvolvimento de um ambiente mais propício a uma sociedade civil forte, diversificada e sustentável

Prioridade 2

A participação da sociedade civil e o acompanhamento mais eficaz das políticas públicas

Prioridade 3

O reforço das capacidades das organizações da sociedade civil (OSC) em matéria de participação política, acompanhamento das políticas e prestação de serviços a nível local​

Programa de Apoio aos Atores Não Estatais em Moçambique

É uma iniciativa que visa reforçar a democracia participativa, representativa e sensível ao género em Moçambique através do envolvimento das autoridades públicas e da sociedade civil num diálogo construtivo. O programa baseia-se no princípio de que ter cidadãos e organizações da sociedade civil mais fortes e envolvidos irá fortalecer a democratização, melhorar a governação e contribuir para a redução da pobreza no país.

Programa de Apoio aos Actores não Estatais

Este Website foi produzido com o apoio da União Europeia. O seu conteúdo é da exclusiva responsabilidade do Programa de Apoio aos Actores Não Estatais, e não pode em caso algum, ser considerado como expressão das posições da União Europeia ou da República de Moçambique.